Enfermeiros da Alegria

Posted by Enfermeiros da Alegria | quarta-feira, 16 de março de 2011 | Category: | 5 comentários

“ Estudos comprovam que a risada libera endorfina, substância analgésica que também alivia a tensão, desacelera o ritmo do coração e traz a sensação de bem estar. Além disso, o bom humor contamina e desarma a crítica, abre as mentes, facilita o aprendizado e a comunicação.”

 Por isso, o  projeto Enfermeiros da Alegria busca tornar o ambiente hospitalar mais alegre, provocando o riso através do palhaço. Levamos a alegria e os ensinamentos de Jesus. Queremos assim criar um relacionamento que facilite a recuperação e o bem estar físico, psíquico e espiritual de todos os envolvidos no processo, ou seja,  fazê-los esquecer a tristeza e ansiedade provocada pela doença, elevando a auto-estima e a confiança por meio da alegria e do riso. Este é um projeto de apoio hospitalar.

" Hospital geralmente é um ambiente “frio”, quando entramos nesse ambiente e conseguimos tirar risadas dos pacientes que ali estão com dor é realmente muito gratificante. Levamos para dentro do hospital alegria, brincadeiras, a palavra de Deus e com isso um  pouco de amor e emoção.

Nossas visitas não têm qualquer custo para o hospital ou para os pacientes e suas famílias. O trabalho dos Enfermeiros da Alegria  é voluntário,  tem o apoio da Comunidade Carisma, que  nos ajuda muito com  orações e todo material utilizado.

Para fazer parte dos Enfermeiros da Alegria basta colocar sua vida à disposição do trabalho e  se identificar com a proposta.

As visitas são realizadas aos domingos, das 12h30  às 15h, sempre em grupos  divididos em duplas ou trios, que atuam em diversas áreas do hospital.

Durante a visita, encontramos adultos e crianças geralmente debilitados física e psicologicamente. O grupo exercita a abordagem e dão foco  ao  paciente e não à doença.

 Temos alcançado bons resultados relatados pelos pacientes, e também pelos  próprios voluntários que integram a equipe:

Hoje, vejo que fazer parte dos enfermeiros da alegria  não é só brincar e dar gargalhadas, é também exercitar o amor que toma conta da gente, nos tornando mais humanos e nos ajudando a enxergar o outro com alma e coração!

Sei que não estamos somente nos vestindo de palhaços. Estamos contribuindo para aliviar a dor do paciente e também “salvar vidas”, mostrar que há sempre esperança e que há vida em Cristo Jesus. Nessas visitas há uma troca muito grande, e não sei ao certo,  quem são os maiores beneficiados. Á cada visita, a cada sorriso que ganhamos, a cada reação de alegria eu me sinto uma pessoa melhor!”   Leandra- palhaça Leleka

 
AGRADECIMENTOS:

 
Quero agradecer primeiramente a Deus por este projeto, também agradecer aos amados Sidney e Luciene que com muito amor, carinho e alegria estão a frente deste trabalho, agradecer  o apoio da Comunidade Carisma e do nosso amado pastor Wanderlei. Agradecemos as igrejas que tem nos apoiado, a Santa casa de Misericórdia de Guaratinguetá e Aparecida por confiarem este projeto tão importante a nós e por fim agradecemos aos nossos queridos voluntários, obrigado por todo apoio,  ânimo e dedicação que nos amparam e ajudam na formação de um trabalho consistente.


No dia 12/10/2007, os Enfermeiros da Alegria participou de um evento na Santa Casa de Guaratinguetá, contando com o apoio do grupo de estudante do Colégio Fonte. Foi oferecido as crianças um momento de lazer, teatro e brincadeiras.

















Abra  um grande sorriso! Fale conosco:


Depoimento de uma voluntária:

Estou aqui para relatar o quanto participar dos enfermeiros da alegria tem movido meu coração e desapertado a fazer  o “ide” que Jesus Cristo fala em Mateus 28, o quanto é importante pensar no próximo e também que fomos criados para gerar filhos espirituais.

Faz pouco tempo que faço parte do grupo, mas já vivi momentos marcantes. Recordo-me do dia em que chegamos a um quarto onde se encontrava um senhor de mais ou menos 50 anos  com problemas respiratórios sérios, estava recebendo tratamento e o que mais me chamou atenção foi que ele estava muito mal, que não conseguia falar e estava sem acompanhante. Entramos, falamos com ele e perguntamos se poderíamos orar por ele, mas a falta de ar era tanta que ele só moveu a cabeça lentamente dizendo que sim . Mas o Deus a quem eu sirvo é maravilhoso, quando começamos a orar aquele homem começo a respirar com mais facilidade, E, ao final do trabalho passamos pelo seu quarto e ele já estava diferente, ainda usando equipamentos para ajudar a respirar, mas seu semblante estava melhor e a respiração menos ofegante. Era meu primeiro dia nos enfermeiros da alegria, eu orei chorando, não consegui segurar  as lágrimas, mas creio que Deus operou naquela vida .

A palavra diz que  se pedirmos alguma coisa em nome de Jesus ele nos ouve, e sei que quando coloco o meu jaleco e passo a minha maquiagem me torno a palhaça Val e Deus vai a minha frente e me usa como Ele deseja para me aproximar das pessoas que necessitam do Seu amor e cuidado. Sou ali a palhaça Val, sendo instrumento do Senhor para levar Jesus.

Valéria Rocha – palhaça Val

Enfermeiros visitam a Santa Casa

Posted by Enfermeiros da Alegria | | Category: | 4 comentários

Foi um dia maravilhoso! Visitei uma jovem que tinha perdido o bebê, ela chorava muito, esperei todos saírem do quarto e ministrei ao coração dela, o André também falou, ela tinha dor nos olhos, as pessoas tinham sede de Deus naquele lugar, 6 acidentados de moto, um homem saindo da UTI, interessante foi falar com um desses homens ...ele estava amarelo, aparência péssima, aquela aparência que causa impacto,confesso que tive ate receio de pegar na mão, quando senti isso no meu coração, venci a mim mesma, estendi a mão e disse pra ele “Como se chama?” Ele me respondeu “Ivan...” Eu disse a ele: “Deus é contigo Ivan”, ele olhou no meu olho e disse...  “Eu sei, estou vencendo a cada dia graças a Ele, como uma formiguinha vou andando, mas eu chego lá”, e me falou da sua doença e concluiu: “eu preciso de mais oração....” Então Ivan a partir daquele momento faz parte das minhas orações. 

Eu louvo a Deus por me dar a oportunidade de fazer este trabalho, de conhecer historias de vida de pessoas que nunca vi mas que abrem o coração quando vê um palhaço, ali não sou  eu a palhaça Leleka, mas é Deus quem age em mim, meu desejo é que cada vida ali visitada hoje, receba da parte do Senhor uma bênção....obrigada Jesus! Louvo a Deus também pelos irmãos Sidney e Luciene que puderam também, as vezes juntos e por horas em quartos separados, ministrar na vida de muita gente lá dentro. Foi uma bençãoooo!!!! Ore por este ministério, Deus tem algo precioso naquele lugar!







Razão de nossa existência

Posted by Enfermeiros da Alegria | | Category: | 0 comentários

Segundo estudos já comprovados pela medicina, através da alegria é liberada uma substância chamada endorfina que ajuda no combate às infecções e doenças. 

O objetivo do grupo é levar alegria para aquele ambiente hostil, triste e sem vida que muitas pessoas enfrentam ao encontrar-se acamadas num leito de hospital ou asilos e também para as crianças que vivem em creches sem nenhuma distração, para que saiam da rotina do dia-a-dia. 

O que o grupo quer é dar uma melhor condição de vida àqueles que necessitam de uma maneira ou de outra de sair do cotidiano. O que de graça recebemos de graça damos.
 
O grupo quer que estas vidas se sintam, em meio as suas enfermidades, dores e preocupações, um pouco melhor naquele momento das brincadeiras, esquecendo-se assim de suas enfermidades e problemas e se concentrando apenas na alegria proporcionada a elas.

Nosso público alvo são os pacientes, mas rir faz bem a todos.

© 2010 Enfermeiros da Alegria |Blogger Author BloggerTheme
powered by Blogger | WordPress by camelgraph | Converted by BloggerTheme.